< Voltar

Como Nós Estamos Consumindo

Ou o que estamos comprando.

Nós estamos criando um mercado através de informação compartilhada, estamos reorganizando linhas estreitas entre consumidor e agricultura. Para um país que também produz o que consome estamos aceitando muito passivos tudo o que escolhemos colocar no carrinho de compras do mês.

A gente alimenta o que a gente consome. Na maioria das vezes não temos noção do nosso poder de compra e da quantidade de mãos que formam e transformam o que chamamos de produto final.

Estamos todos acostumados a achar que a quantidade de tempo de produção é curta, independente do produto, a gente só enxerga pronto. Tudo que está por trás está tão longe dos nossos olhos que nem prestamos atenção, mas precisamos mensurar e considerar bem mais do que o preço de custo porque conhecer o trabalho é poder escolher no que apostar.

Somos parte de um sistema e movimentamos o que não percebemos, mas ainda assim nossa participação é o que faz com que tudo aconteça, nós estamos alimentando o que? espero que boas ideias.

Saímos da Semana Internacional do Café nos sentindo parte de um mundo novo, claro que de tecnologias também, mas é de avaliação geral de se sentir vivo. Continuar tendo café implica em cuidar da natureza, prestar atenção de onde vem, como vive, o que faz parte do todo. Precisamos pensar em harmonia e sustentabilidade.

No café, estamos provocando um impacto significativo e poderoso no mercado interno e externo. Às vezes não temos consciência do poder que temos na mão, e é em um evento internacional de café que nos faz perceber o tamanho que realmente temos enquanto nação do café.

Quem toma uma vez café de qualidade não volta a consumir qualquer coisa. É um caminho de apreciação da bebida que aos poucos se descobre e sem querer fomos todos fisgados. E que bom que estamos aqui, não é mesmo?

Deixe um comentário

avatar
  Se inscreva  
Notificar